As mulheres que marcam a vida de um homem são as chatas. Também chamadas de loucas, ciumentas, bipolares, confusas, esquisitas. As chatas ligam de madrugada cobrando algo que fizeste na semana passada, elas brigam contigo, olham feio para as mulheres que olham para ti, as chatas fazem cara feia, batem o pé, batem boca contigo sem pensar nas consequências e principalmente são ciumentas.

Mas vou te perguntar uma coisa: quem não gosta de se sentir desejado?

Uma mulher que não te procura ou não está nem aí para ti, ou tem medo de te perder e prefere fingir que não viu ou ouviu nada, não tem identidade! As chatas podem incomodar, mas estão ali do seu lado em qualquer situação, não ligam para a tua conta bancária ou quantos carros têm na garagem, elas te cercam tanto que não deixam que nada de mau te aproximes de ti.

Elas podem ter os teus defeitos, mas fazem tudo para ser perfeitas, não pedem desculpas e são marrentas, porém se tratá-las bem são as pessoas mais doces que irá conhecer… Então valorizes aquela mulher que bate o pé, teima, porque essa mulher sim, está a dar valor para o que és!

“É triste ver uma mulher linda com coração grande e com tanto potencial perdendo o seu tempo, perdendo a sua dignidade, os seus valores e amor próprio por um “otário”.

Um homem que não tem nada para oferecer à ela a não ser dor, stress, mentiras e lágrimas. Um homem que não sabe o seu valor, que está tão cego pela ganância de encontrar mais jóias para a tua coleção, que não o deixa ver o tesouro que já tem à sua frente…

Um homem que só irá usá-la para as suas próprias vantagens e por último acabar com a sua auto estima, e com isso fazê-la acreditar que não há ninguém melhor que ele para ela. Nunca, nem por um segundo acredites que não há alguém melhor para ti, porque há. Ama-te primeiro!”.

 

COMPARTILHAR