As vezes, nós somos pegos de surpresa com histórias impressionantes e essas conseguem nos tocar profundamente.

Há pouco tempo, a internet chorou com a mensagem de Júlia, uma menina de 8 anos, sem mãe e sem pai que sofria com leucemia.

Antes de morrer, Júlia deixou uma mensagem dando o ultimo adeus a Gabriella Pereira, uma voluntária de 23 anos.

Gabriella era a única pessoa que visitava e dava carinha a pequena Júlia em um hospital de São Paulo. Ela dedicou cinco folhas de papel cor-de-rosa de sua agenda para escrever a última carta à amiga.

Antes de ficar enferma, Júlia morava em um albergue para crianças em Carapicuíba. Nesse lugar, foi onde ela e Gabriella se conheceram.

Desde o primeiro encontro, a bancária conta que via a garotinha pelo menos três vezes por semana. “Ela era a melhor criança que alguém podia conhecer foi amor a primeira vista.

ingênua e muito madura ao mesmo tempo. Carinhosa, tinha uma vontade enorme de aprender tudo o que qualquer pessoa tivesse paciência para ensinar”, disse Gabriella.

Clique na seta abaixo, após a publicidade, para continuar lendo a matéria.



Source link

COMPARTILHAR